Minha mulher me trai por um aplicativo de paquera.

Tenho lido aqui algumas histórias de traição, flagra de marido na mulher, e fico rindo, achando as situações absurdas só podendo ser ficção, coisa da cabeça de escritores de contos eróticos. Sei que quem ler minha história, assim como eu, vai achar que é ficção, mas não é, aconteceu realmente.

Tenho 33 anos e sou casado com, vamos chama-la de Marília (nome fictício), uma negra mignon de 26 anos, 1,55m, peitinhos durinhos, bundinha empinada, cinturinha, muito meiga e quente, adora chupar e ser comida diariamente. Nossa vida sexual é muito ativa, sou louco pelo seu corpinho.

Tenho um amigo de muito tempo chamado Kleber (nome fictício), prefiro não dizer os nomes verdadeiros, ele é um verdadeiro gigante, 1,87m, louro, olhos claros, quase 100 kg de puro músculo que ele faz questão de exibir. Kleber se separou há pouco, mora sozinho. Sempre saímos juntos, eu, Marília, Kleber e a esposa. Depois de sua separação continuamos saindo os três. Às vezes ficava desconfiado que a Marília tivesse uma quedinha pelo Kleber, mas era coisa da minha cabeça.

Um dia desses o Kleber me chamou na casa dele, me disse que tinha uma coisa para me contar. Fui lá. Ao chegar, ele sem saber como falar, começou com rodeios, falei que fosse direto ao assunto.

Ele me falou que usa um aplicativo no smartphone, chamado Happn, que é um aplicativo de paquera, que mostra, no caso dele, as mulheres que cruzam com ele pelo caminho durante o dia. Se você gostar de alguma aperta um coração e dá um like nela. Ela só vai saber do seu like se coincidir dela também dar um like em você. E o que eu tinha com isso?

Ele me disse que minha mulher estava aparecendo no aplicativo. Não acreditei, ele me mostrou e fiquei achando que era fake. Só tinha um jeito de saber. Como sempre achei que Marília tinha uma queda por ele, se ele desse um like e ela também nós iriamos saber se era verdade. Ele não gostou da ideia, éramos amigos há muito tempo, não seria legal.

Depois de insistir muito ele topou, fiquei olhando e ele deu o like, na mesma hora veio a mensagem que ela já tinha dado um like nele e abriu um janela de bate papo. Falei para ele conversar, ver se era ela mesmo, e era. Os dois conversando e eu do lado. Fiz ele dizer que queria fazer sexo com ela e chama-la para a casa dele. Ela topou na hora. Kleber não sabia o que fazer, e quando ela chegasse? Disse para ele foder ela que eu ia ficar no armário olhando, ele não queria, eu insisti muito e ele topou. Eu queria filmar, o Kleber não aceitou de jeito nenhum, mas eu queria ficar assistindo tudo.

Me escondi dentro de um closet que era grande e tinha umas frestas na porta, o que me dava uma visão privilegiada da cama. Ela chegou, Kléber foi recebê-la na sala, logo entraram no quarto, ela rindo, agarrando ele, arrancou a blusa e a saia, ficando de calcinha e sutiã, tirou a blusa e a bermuda dele, se ajoelhou no chão, colocou a caceta do Kleber para fora, e que caceta, ela, e eu dentro do armário, arregalamos os olhos, e abocanhou de uma só vez, como aquela boquinha engoliu aquela vara de cavalo eu não sei.

Meu pau ficou mais duro do que estava. Ele acariciava a cabeça dela que tratou de tirar a bermuda do Kleber. Ele tirou o sutiã dela, e enquanto ela o chupava ele alisava os peitinhos dela. Um tempo após ela se levantou, tirou a calcinha, deitou na cama de pernas abertas e pediu para ser chupada. Kleber caiu de boca na bocetinha de minha neguinha, eu tremia de nervoso. Ela se contorcia e apertava a cabeça dele com as coxas.

Depois de muita chupada e de fazer ela gozar até não poder mais, ele subiu na cama para atender os pedidos dela para ser comida. O ângulo era perfeito, vi cada milímetro da imensa caceta do Kleber ir entrando lentamente na bocetinha da minha mulher, ela dava gemidos agudos de prazer. O saco dele encostou no rabo dela e começou um vai e vem, um entra e sai frenético, cada vez que a caceta saia trazia as carnes dela para fora, o pau do Kleber brilhava com o líquido do prazer da minha mulher que era a puta dele. Peguei um pano para gozar, não aguentava de tanto tesão.

Ele foi enfiando cada vez mais rápido e mais forte, os gemidos eram mais altos, ela mandava ele foder com mais força, gritava que estava gozando feito uma puta. Comecei e ver a porra grossa do Kleber escorrer de dentro dela. Ele estava enchendo a bocetinha dela de porra. Eu também gozei feito um cavalo de ver minha mulher ser preenchida de porra. Os movimentos foram diminuindo, diminuindo, até eles ficarem parados, extasiados.

Um tempinho depois ela se levantou e foi ao banheiro, ele veio até o closet falar comigo, pedi para ele comer o cuzinho dela. Meu tesão era incontrolável.

Ela voltou do banheiro e o Kleber pegou-a e a jogou na cama, ela já caiu de pernas abertas, ele caiu de boca na bocetinha dela. Direcionou a caceta enorme para a boquinha dela que mamou mais uma vez a pirocona do nosso amigo. Era só gemido e barulho de chupada. Eu estava louco de tesão.

Kleber a colocou por cima e mando ela cavalgar, o que ela sabia fazer como poucas, eu via minha neguinha subindo e descendo no caralhão do Kleber alucinadamente. A cabeça dela sacodia para os lados, os olhos reviravam, ela gozava muito.

Kleber a colocou de quatro e começou a preencher o rabo da Marília com aquela vara imensa, não aguentei e gozei de novo. Kleber empurrava a pica sem piedade na Marília, que pedia mais, e ele socava mais forte ainda. Muitas socadas depois Kleber tirou a rola de dentro dela, posicionou no rostinho da minha mulher e jorrou um mar de esporra na carinha de puta dela, que lambia tudo que escorria. Era muita porra, que felicidade dela. A visão da boceta dela arreganhada, arrombada pelo pirocão do Kleber me fez gozar de novo.

Ela foi embora, eu sai do closet e fiquei imaginando com quantos outros homens do aplicativo ela já tinha fodido. Fica o alerta para os maridos, se sua mulher ficar muito no celular, CUIDADO!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s