Um aluno fodeu a puta da minha esposa na escola

Duas semanas depois dos acontecimentos que transformaram minha mulher, Rejane, numa puta, fodida por seis machos diferentes na mesma semana, ela estava na escola, em um período que tinha poucos alunos, era semana de recuperação, estando só ela na cozinha. Sentada, aguardando alguma coisa para fazer, pensando na vida, nas coisas terríveis que tinha feito e sido obrigada a fazer, arrependida por ter gostado, jurando que nunca mais faria de novo. E assim as horas iam passando.

Em um momento, entrou na cozinha, um aluno com seus 18 anos, pedindo uma vasilha de plástico para aula de ciências. Ela se levantou e começou a procurar e viu que a vasilha estava no fundo da prateleira de baixo. Tentou se agachar para pegar, mas seu jaleco que estava apertado impediu, desabotoou dois ou três botões de baixo para poder se agachar, ficando de cócoras, mas a vasilha estava muito atrás e teve que se esticar, arreganhando as pernas na direção do rapaz que viu seus coxões e seu bocetão através da calcinha de renda. Não se controlando, ele apertou o pau com a mão enquanto ela pegava o objeto, mas, de rabo de olho ela viu.

Ao se levantar, entregou a vasilha, e em seguida apertou o pau dele perguntando se tinha ficado com tesão nela. Ele respondeu que sim, e como o jaleco ainda estava aberto, enfiou a mão indo direto na bocetona que já estava molhada.

Ela perguntou se ele queria foder com ela, a resposta foi sim. Marcaram para se encontrar meia hora depois, em um quartinho, nos fundos da escola, que era de guardar coisas não utilizadas da cozinha, só ela tinha a chave. Ela iria à frente e deixaria a porta encostada para ele entrar.

Na hora combinada ela foi, mas antes passou no vestiário, tirou a calcinha e o sutiã, deixando no armário, para facilitar as coisas.

Ficou lá esperando, e no horário certinho ele entra, trancaram a porta e começaram. Mau ela abre o jaleco, ele que nunca tinha fodido uma mulher, ataca, gemendo, tremendo com o pau duro, chupa os melões dela com força e vai enfiando a pica na bocetona, não conseguindo nem enfiar a cabeça ele goza litros de porra, lambuzando ela toda, as pernas, o jaleco, o chão, era muita porra, parecia que tinha pegado uma garrafa de iogurte natural e espirrado nela.

Ela ri, pergunta se já tinha fodido antes, ele responde que não. Ela pede calma que vai ensinar a ele tudo sobre sexo. Seu pau estava mais duro que antes, ela faz um boquete, puxa uma mesa, deita, abre bem as pernas segurando os joelhos e pede que ele meta. Muito afoito por ser a primeira vez e estar com um mulherão experiente daqueles, ele soca com força, desajeitado, quase vira a mesa com ela em cima, aperta os peitos com força e mais uma vez jorra intermináveis jatos de porra dentro da puta da minha mulherzinha.

Com o pau ainda muito duro, ela pede que tenha calma para que os dois possam aproveitar o momento, visto que ela ainda não tinha gozado. Parecendo mais calmo, depois daquela descarga, ele a deixa controlar a situação, colocando-o sentado em uma cadeira e montando por cima, assim ela poderia controlar os movimentos, a intensidade, profundidade e conseguir gozar.

Cavalgou por um bom tempo com ele mamando seus suculentos peitões, levando ela a gozar varias vezes. Gemia como uma cadela no cio. Desfrutava tudo que aquele pau novinho e virgem poderia proporcionar a ela, uma puta velha, deliciosa. Ele implorava para gozar, mas ela com medo de acabar não permitia, dominava totalmente a situação. Ele começou a apertar ela com muita força, quase implorando, e teve a permissão para mais uma vez espirrar uma garrafa de iogurte natural nas entranhas da minha suculenta mulher.

O vigor da juventude fez com que ele ficasse quase duro, para alegria e surpresa dela. Que providenciou o endurecimento rápido. Depois ela se ajoelha na cadeira e manda-o enfiar, obediente, não perde tempo, desta vez com movimentos mais suaves do jeito que a professora tinha ensinado. Depois de algum tempo, ele tira da boceta e começa a tentar enfiar no cu, ela põe as mãos para traz e se abre para receber o novinho no rabão. Quanta gente estava se deliciando daquela bundão e eu nunca tinha conseguido. O garoto delirava na bunda da coroa. Era a gloria para ele. Ela rebolava e se masturbava gozando deliciosamente pelo cu.

Mais uma gozada dentro, e ela entrou num estado de cio incontrolável. Queria mais, sem parar. O garoto já tinha gozado quatro vezes, e agora parecia perder a força, para o desespero dela. Mas, como uma puta experiente, sabia fazer milagres, e com um garoto novo, não seria difícil. Então, para relaxarem um pouco, ela sentou em uma cadeira, o colocou sentado no chão com a cabeça em suas coxas, a boca próxima ao bocetão cheio de porra que começou a esfrega-lo em sua boca. O garoto tremia de tesão, não pensou duas vezes, começou a lamber o grelo, e chupar a boceta. Isso a enlouqueceu, e a ele também. Ela enfiava os dedos na boceta que saiam todos lambuzados e colocava na boca, agora o que ela mais queria era sentir o gosto da porra do garoto.

Trocaram de posição, agora ela quem estava sentada no chão, em cima do jaleco que estava em petição de miséria, totalmente esporrado. Aliás, esse tipo de situação era comum, sempre ela acabava com problemas com a roupa. Começou uma chupeta maravilhosa, que só ela sabia fazer. Depois de um bom tempo se deitou de bruços no jaleco e colocou o garoto por cima de sua bunda, onde ele fez a festa, como gostava de cu esse garoto. Ela ordenou que ele não gozasse, só na boca, queria sentir porra quente na boca. Ele obediente a sua majestade, fez seu papel, na hora H avisou, ela se virou, ele colocou o cacete em sua boca e gozou tudo que podia saciando o desejo dela de beber porra quente.

E assim foram até não poder mais. Ele se arrumou e voltou par sala e ela com o jaleco todo esporrado foi para o vestiário se ajeitar.

 

 

 

2 comentários em “Um aluno fodeu a puta da minha esposa na escola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s